Riqueza Natural

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Salão de beleza é interditado por fazer cirurgias estéticas e todos envolvidos foram preso






O salão de beleza Crystalus, na Rua Baicuru, em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, foi interditado, nesta quarta-feira, por policiais civis da 35ª DP (Campo Grande) 

por realizar procedimentos estéticos - lipoaspirações e aplicações de substâncias como metacril - sem condições de salubridade e sem autorização dos órgãos responsáveis. A ação contou com o apoio de equipe da Vigilância Sanitária. 

A dona do local, Cássia Santos de Lima Menezes, e o médico responsável pelas cirurgias, Willian Toussanit Bonhote, foram presos em flagrante.



Segundo o delegado Hilton Alonso, titular da 35ª DP, eles responderão pelo artigo 273 do Código Penal - falsificar, corromper, adulterar ou alterar produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais -, que é crime hediondo. A pena varia entre 10 e 15 anos de reclusão 
Durante a operação foram encontradas três clientes no meio de seus procedimentos, sendo elas encaminhadas pelo Samu ao Hospital estadual Rocha Faria, devido ao estado de saúde em que se encontravam - disse o    delegado

Foram apreendidos no salão medicamentos de venda controlada, agulhas e material para cirurgias, como drenos. No chão do banheiro - que os agentes acreditam que era o local usado para esterilizar o que seria usado nos procedimentos - foi encontrado mais material semelhante.


Foram apreendidos no salão medicamentos de venda controlada, agulhas e material para cirurgias, como drenos. No chão do banheiro - que os agentes acreditam que era o local usado para esterilizar o que seria usado nos procedimentos - foi encontrado mais material semelhante.

Ainda de acordo com os policiais, já havia sido registrada na 35ª DP uma ocorrência por uma mulher que fez uma lipoaspiração no salão. Ela está internada no Hospital Casa Evangelista em decorrência de problemas no procedimento.






Vídeos divulgados pela polícia mostram as vítimas sendo retiradas do salão de beleza por bombeiros.

Nas imagens é possível ver também que não há qualquer preocupação com higiene: os procedimentos são realizados em macas improvisadas por pessoas que sequer usam roupas adequadas.

Apenas luvas e uma touca fina nos cabelos.
A dona do local aparece com um vestido sem mangas, decotado nas costas. As imagens mostram ainda a retirada de clientes do local por bombeiros.


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários com ofensas não serão aceitos.