Riqueza Natural

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Filho e médico negam estado grave de Batistuta e possível amputação.







O filho de Gabriel Batistuta, Lucas Batistuta, negou nesta segunda-feira à imprensa argentina que o pai esteja impossibilitado de andar por causa das dores nos tornozelos, como foi divulgado pelo jornal colombiano “Las 2 Orillas” no último fim de semana. O médico Roberto Avanzi, que operou o ex-atacante há três anos, também desmentiu a informação.

A notícia do suposto problema do ex-camisa 9 ganhou bastante repercussão nas redes sociais e nos sites sul-americanos, porém não foi divulgada pelos principais veículos da Argentina. Em contato com jornalistas do "Olé" e do site "TN", Lucas negou que o pai esteja sem andar e cogitando amputar as pernas.

A confusão pode ter sido gerada por uma entrevista de Batistuta em agosto de 2014, quando comentou as dores nos tornozelos e que realmente chegou a cogitar a amputação, mas isso foi desaconselhado pelo médico.

Não conseguia me levantar da cama e precisava urinar através de uma sonda. Cheguei a pedir a meu médico para cortar minhas pernas fora. 

Olhava para Oscar Pistorius (importante atleta paralímpico que utiliza próteses nas pernas, e está preso acusado de ter assassinado a esposa) e pensava que aquela era a melhor solução. O médico, porém, não queria. Que depois de operar minha situação ia melhorar. 

Agora, após uma dúzia de operações, estou voltando a caminhar - disse no ano passado à "TYC Sports".
Nesta segunda, o médico de Batistuta, Roberto Avanzi, foi procurado pela rádio Del Plata para comentar a notícia do jornal colombiano e também negou que hoje o ex-camisa 9 esteja sem caminhar.

 Porém, Avanzi não descartou nova operação no ex-atacante.
- Bati estava insuportável. Veio um dia ao consultório e me disse: "Quero fazer como Pistorius e cortar os joelhos". 

Ele disse sério. Ele disse: "Assim não quero viver". Mas isto foi há três anos, não foi agora. Nós conversamos, eu o tranquilizei e fizemos uma cirurgia, só podia ser em um tornozelo. 

Depois, ele esteve fantástico. Começou a andar a cavalo, a jogar polo de novo e estava. No último ano no Catar, faziam uma infiltração por semana nele, o que deixou os dois tornozelos destruídos. 

O corticoide come a cartilagem e isso destrói o tornozelo. Agora, queremos operar o outro tornozelo, mas tem que colocar uma prótese. Conversamos outro dia, pois ele está pensando seriamente. 

Está com dores... As próteses de tornozelo são recentes, só há cinco anos de experiência, e não quero experimentar com ele. Quero ter a segurança que ele andará bem, pedi que espere um pouco para ver os resultados. 

Atualmente com 46 anos, Batistuta é o maior artilheiro da seleção argentina, com 54 gols. Revelado pelo Newell's, o ex-jogador passou ainda por River Plate, Boca Juniors, Fiorentina, Roma e Inter de Milão antes de encerrar a carreira no Al Arabi, de Doha, em 2005, por causa das dores.


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários com ofensas não serão aceitos.