Riqueza Natural

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Mineiro cria réplicas em tamanho natural do Batmóvel para coleção




Rafael Reston afirma que levou quatro anos para concluir batmóvel (Foto: Rafael Reston/ Arquivo Pessoal)As ruas de Uberaba ganharam ares de Gotham City quando o designer e engenheiro Rafael Reston tirou o carro da garagem para um passeio durante o fim de semana. 

O uberabense é o criador de uma réplica em tamanho natural do Batmóvel. O carro tem todas as características similares às do veículo do personagem Batman. Foram quatro anos desde o projeto iniciado do zero até à conclusão em outubro do ano passado.

Formado em engenharia e pós-graduado em design automotivo, o uberabense afirmou que a paixão por veículos é evidente desde os quatro anos, quando já montava carros com peças de brinquedo. 

O estímulo vindo do pai, que sempre gostou do tema, levou Rafael a fazer dos sonhos de infância uma profissão. Segundo o designer, a criatividade do Batman foi um dos motivos que levou a se encantar pelo universo do super-herói.
Sempre gostei muito do Batman por ser um dos poucos super-heróis que não é ‘super’, ou seja, não tem poder algum. 

É bilionário e inventa tudo que usa, e isso me fascinava. Fazer esse modelo específico do batmóvel sempre foi um sonho, pois lembro exatamente quando fui ao cinema ver o filme: tinha dez anos e saí do cinema mais louco com o batmóvel do que com qualquer outra coisa, inclusive o personagem. 

Desde então sempre tive a vontade de fazê-lo e quando a coragem apareceu, peitei o desafio”, relatou.
O veículo customizado esteve exposto pela primeira vez no Salão do Automóvel de São Paulo, no fim do ano passado. 

Segundo Rafael, a criação foi toda concebida em Uberaba e nasceu despretensiosamente com lápis e papel. Uma das poucas referências foi na parte mecânica com uma adaptação do motor V8, utilizado no modelo Mustang a partir da década de 1970.

O projeto do batmóvel foi criado 100% do zero, literalmente de um rabisco de papel. Chassis, mecânica, carroceria, tudo foi criado exclusivamente para esse modelo. A base mecânica é motor de Mustang v8 5.0, mas utilizei peças de outros carros em outras partes como suspensões, entre outros. 

O carro foi totalmente construído em Uberaba, basicamente mão-de-obra minha e de alguns mecânicos especializados em certas áreas que ajudaram na construção”, afirmou.

                                        Projeto foi desenvolvido todo em Uberaba a partir de

                                         rabiscos (Foto: Rafael Reston/ Arquivo Pessoal)
Novos projetos

A visibilidade do Batmóvel se tornou fonte de rende através da participação em eventos fechados, apresentados e testes drive. O empresário e designer afirma não ter planos de mais réplicas do carro e nem de ajustes.  

“Não falo em valores de construção, mas o carro esta avaliado hoje em cerca de R$ 1 milhão, e não cogito fazer copias. Esse é um veiculo único, tanto pela dificuldade quanto pela exclusividade. Batmóvel é quase um membro da família. Não tenho planos, é um sonho realizado”, destacou.

No que depender do uberabense, as engenhocas em referências ao universo do super-herói morcego não devem parar tão cedo. 

O plano agora é completar a coleção com uma versão histórica e outra em duas rodas. “Possuo diversos veículos antigos e customizados, e outros em construção ainda como o hot rod do Coringa, um Mercury 51 chopped, com teto rebaixado em cinco polegadas, e por ai vai. 

Estou agora terminando mais um Batmóvel, esse da série de TV dos anos 1960, criado em com base de um Galaxie e que, daqui cerca de um mês, deve estar pronto, e também a moto Batpod do filme 'Cavaleiro das Trevas'”, adiantou.


                                                    Dono afirma que batmóvel é avaliado em cerca de
                                                     R$ 1 milhão (Foto: Rafael Reston/ Arquivo Pessoal)
Projeto baseado em modelo dos anos 1960 deve ficar pronto em maio (Foto: Rafael Reston/ Arquivo Pessoal)

←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários com ofensas não serão aceitos.