Riqueza Natural

quinta-feira, 26 de março de 2015

Morre Zé Bonitinho






Morto na manhã desta quinta-feira, no Rio, o humorista Jorge Loredo, de 89 anos, mais conhecido pelo personagem Zé Bonitinho, deixa viúva a pernambucana Terezinha Pereira da Silva, de 63. 

Os dois viveram juntos no Rio desde 2002, e ela acompanhou os últimos momentos de vida do marido, que estava internado com uma doença pulmonar desde o dia 3 de fevereiro no Hospital São Lucas, na Zona Sul do Rio.
“Eu ia visitá-lo todos os dias. 

Estive lá ontem, ele estava sedado, não falava nada, apenas fazia gestos de que estava me entendendo. Mas tanto eu quanto ele acreditávamos que ele ia se curar e sair dessa. Ele acreditava que ia viver. 

A última vez que ele esteve internado, no ano passado, ele saiu do hospital com as próprias pernas”, lamentou a viúva, em conversa por telefone com a Retratos da Vida, na tarde desta quinta-feira.
Terezinha conta que recebeu a notícia através de um dos dois filhos de Jorge Loredo e Morto na manhã desta quinta-feira, no Rio, o humorista Jorge Loredo, de 89 anos, mais conhecido pelo personagem Zé Bonitinho, deixa viúva a pernambucana Terezinha Pereira da Silva, de 63. 

Os dois viveram juntos no Rio desde 2002, e ela acompanhou os últimos momentos de vida do marido, que estava internado com uma doença pulmonar desde o dia 3 de fevereiro no Hospital São Lucas, na Zona Sul do Rio.
“Eu ia visitá-lo todos os dias. 

Estive lá ontem, ele estava sedado, não falava nada, apenas fazia gestos de que estava me entendendo. Mas tanto eu quanto ele acreditávamos que ele ia se curar e sair dessa. Ele acreditava que ia viver. 

A última vez que ele esteve internado, no ano passado, ele saiu do hospital com as próprias pernas”, lamentou a viúva, em conversa por telefone com a Retratos da Vida, na tarde desta quinta-feira.
Terezinha conta que recebeu a notícia através de um dos dois filhos de Jorge Loredo e 




Eu recebi a notícia hoje, às 7h, por intermédio do filho dele, que veio aqui me contar da morte. Eu fiquei muito triste, não esperava que isso fosse acontecer. O José era um companheiro de muito tempo. Um ótimo companheiro”, disse.



O fumo estragou o pulmãozinho dele'

De acordo com o boletim médico divulgado pelo hospital, o humorista lutava há anos contra uma doença pulmonar obstrutiva crônica grave e um enfisema pulmonar, que o levaram à falência múltipla de órgãos.
“Nesses últimos dias ele estava muito doente, com problemas pulmonar. Ficou muito enfraquecido por conta do cigarro, ele fumava muito, ficou com falta de apetite e foi enfraquecendo. Levamos ele ao hospital para ele se alimentar e se recuperar. Ele passou um tempo no hospital reagindo bem, caminhando, falando... 

Após uns vinte dias lá, ele pegou uma pneumonia e foi enfraquecendo. O Jorge fumou por 50 anos, fumou muito. Esse fumo estragou o pulmãozinho dele”, conta a viúva.
Além da mulher, Jorge Loredo deixa dois filhos do seu primeiro casamento: 

o analista de sistemas Jorge Ignácio, de 43 anos, e o advogado e leiloeiro Ricardo Frederico, de 39 anos. O corpo do ator será velado nesta sexta no Memorial do Carmo, no Caju, a partir das 9h.


Zé Bonitinho, o perigote das mulheres”, como o personagem de Loredo se apresentava nos esquetes humorísticos que durante décadas fizeram a alegria das famílias brasileiras, fez parte do enredo “Beleza pura?” da União da Ilha. A escola de samba falou sobre a beleza em suas várias interpretações. Zé Bonitinho se achava um galã irresistível, sempre ajeitando a cabeleira com um pente enorme, tão grande quanto seus óculos escuros. A escola teve uma ala inteira dedicada ao personagem.
Jorge Loredo nasceu em 7 de maio de 1925 e foi criado em Campo Grande, Zona Oeste do Rio.



←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários com ofensas não serão aceitos.