Riqueza Natural

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Estudo WhatsApp só perde para Facebook em vício entre jovens internautas



Entre aplicativos que ficam continuamente conectados entre os jovens brasileiros, o WhatsApp só perde para o Facebook
Os jovens internautas brasileiros se dizem viciados (ficam continuamente conectados) em quatro aplicativos: Facebook (89%), WhatsApp (87%), cliente de e-mail (80%) e Instagram (63%). A conclusão é do estudo Conecta, feito pelo Ibope Inteligência, apresentado nesta sexta-feira (18) no festival Youpix, evento de cultura digital realizado em São Paulo.
A pesquisa foi feita pela internet entre 2 e 9 de julho deste ano com 1.513 internautas de todos os estados do país. O estudo considerou como 
jovens pessoas com idades entre 15 e 32 anos.
Quase todos os jovens (90%) dizem navegar em redes sociais. Dentre outras atividades feitas online por esse público, são listadas buscar informações (86%), acompanhar notícias (74%), assistir a vídeos (71%) e ouvir música (64%).
Um dos destaques do "Conecta é a popularidade de e-mails entre os entrevistados. O jovem brasileiro, diz a pesquisa, recebe em média 2,8 mensagens eletrônicas. Além disso, 84% deles disseram ter aplicativo de e-mail instalado no smartphone.
O levantamento também mostrou que o jovem médio brasileiro tem perfil em sete redes sociais. As mais populares entre eles são, em ordem: Facebook (96%), YouTube (79%), Skype (69%), Google+ (67%) e Twitter (64%).
Boa parte do acesso dos jovens a rede sociais é feito via dispositivos móveis. Entre os entrevistados, 88% disseram ter o aplicativo do Facebook no celular. Na sequência entre os programas mais usados em telefones vêm o YouTube (81%) e o WhatsApp (79%).
Fora das mídias sociais, as categorias de aplicativos mais consumidas pelo jovem internauta brasileiro são jogos, previsão do tempo, internet banking e notícias.
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários com ofensas não serão aceitos.