Riqueza Natural

domingo, 8 de junho de 2014

Morte de Fernandão





Neste sábado, o Internacional, assim como todo o resto do Brasil, amanheceu de luto. Após a morte do eterno capitão Fernandão, de 36 anos, por volta das 3 horas da manhã, vítima de um acidente de helicóptero na pacata Aruanã-GO, o Colorado decretou luto oficial e expôs uma nota, em seu site oficial, lamentando o trágico incidente.
Confira a nota na íntegra:
O Sport Club Internacional e a nação colorada estão de luto. Fernando Lúcio da Costa, o Fernandão, perdeu a vida em um acidente de helicóptero ocorrido na madrugada deste sábado (7/6) em Aruanã-GO.
O momento é de profundo pesar pela partida prematura do ídolo de 36 anos, mas o que fica são lembranças gloriosas de um atacante que honrou a camisa do Internacional com seu espírito de liderança, sendo um dos jogadores mais importantes dos 105 anos do Clube.
Fernandão atuou em 190 partidas e marcou 77 gols - o primeiro deles, logo na sua estreia, em 2004, foi o de número 1000 da história do Gre-Nal. Nascido em Goiânia, mas plenamente identificado com Porto Alegre, foi o capitão do time nas inesquecíveis conquistas da Libertadores da América e do Mundial FIFA, ambas em 2006, e também desempenhou no Colorado as funções de diretor técnico, em 2011, e de treinador, em 2012. Os títulos do Gauchão (2005 e 2008) e da Recopa (2007) também fazem parte da sua trajetória.

O Clube do Povo se solidariza com a família e com todos os fãs de Fernandão. Força!
Ídolos colorados também demonstraram sua tristeza com a morte do ex-jogador. O ex-presidente do Internacional, Fernando Carvalho não escondeu a emoção ao discorrer sobre o acidente. Na visão do mandatário, o capitão do Mundial Interclubes de 2006 foi o maior jogador da história colorada.
Isso eu sempre disse e agora repito: Fernandão foi o maior jogador da história do clube. Ele levantou a taça do Mundial Interclubes e teve sua importância dentro e fora de campo. Nunca foi vaidoso e sempre estava pronto para apaziguar as situações. A qualidade técnica era apenas um detalhe", explicou, em entrevista à Rádio Gaúcha.


Centenas de fãs do ex-jogador Fernando Lúcio da Costa, de 36 anos, conhecido como Fernandão, se despedem do ídolo, que é velado no Ginásio Luis Torres de Abreu, localizado na Serrinha, sede do Goiás Esporte Clube, no Setor Bela Vista, em Goiânia. O enterro deve ocorrer por volta de 16 horas deste domingo (8), no Cemitério Jardim das Palmeiras, na capital.
Ídolo do Goiás e do Internacional, Fernandão e mais quatro pessoas morreram em uma queda de avião na madrugada de sábado (7), em Aruanã, a 315 km da capital. O acidente ocorreu logo após o grupo deixar um acampamento às margens do Rio Araguaia em direção à cidade.
Apesar de ter começado às 20h20, o velório só foi aberto ao público cerca de duas horas depois. A visitação é orientada por funcionários do Goiás. Em fila, os torcedores entram por um lado da quadra, passam pelo caixão, onde não podem parar, e seguem para a saída. Os fãs não podem permanecer dentro da quadra, apenas na arquibancada.
Antes de serem autorizados a entrar na Serrinha, torcedores já faziam vigília no portão da sede do clube na noite de sábado. Cerca de 200 pessoas estavam no local.



←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários com ofensas não serão aceitos.