Riqueza Natural

domingo, 28 de julho de 2013

O muro de Berlim foi uma construção feita em 1961!



A Construção do Muro de Berlim marcou a divisão de uma era, e sua queda é considerada o ponto de partida dos tempos modernos.



Muro de Berlim foi uma abominável construção feita em 1961 pela Alemanha Oriental, durante a Guerra Fria, que circundava todo o território da Berlim Ocidental, buscando separar em duas áreas a capital do país, dividida então em um lado capitalista e outro socialista. 

As ideias sobre a construção do muro começaram no fim da Segunda Guerra Mundial, após a derrota da Alemanha e a ocupação do país pelas chamadas “forças aliadas”. Cada um dos países integrantes do grupo vencedor recebeu para si um pedaço de Berlim, e foram criados na capital um setor francês, um inglês, um americano e um soviético. 

Os três primeiros formaram o lado capitalista da cidade, a Berlim Ocidental, que passaria a fazer parte da então nova Alemanha Ocidental, e os soviéticos deram origem à Berlim Oriental, capital do que passou a ser Alemanha Oriental.

Construção do Muro de Berlim o que aconteceu?

A situação gerou uma situação inesperada nessa nova Alemanha fragmentada: grande parte do setor capitalista de Berlim estava situada dentro da Alemanha Oriental, criando assim um coração capitalista dentro de um país socialista, o que complicava a interação de Berlim Ocidental com um importante setor de seu próprio país. 

A cidade, ainda sem a construção do muro, passou a viver uma situação de desconforto, por conta dos embates existentes entre a política do socialista russo Stalin, que buscava impedir o contato entre a Alemanha Ocidental e Berlim Ocidental, e o presidente Marshall, que lançou um pacote de ajuda econômica para os países europeus pertencentes ao bloco capitalista.

 A situação piorou de vez no começo da década de 1960, pois vários moradores da Alemanha Oriental decidiam passar para o lado Ocidental, buscando sair do socialismo e viver no capitalismo, que acontecia praticamente do outro lado da rua. 

Essa situação alarmou as autoridades da Alemanha Oriental, que decidiram então construir um muro separando de vez Berlim Ocidental e Oriental, a fim de acabar de vez com o contato com o mundo capitalista.


Construção do Muro de Berlim como se desenrolaram os fatos?


Para chefiar a construção do Muro de Berlim foi nomeado Walter Ulbricht, secretário-geral do Partido Comunista Alemão Oriental, e a construção do muro tinha claramente a intenção de desafiar as autoridades norte-americanas e, consequentemente, a força capitalista que crescia no mundo cada vez mais. 

Após os gastos homéricos envolvidos na construção do muro, foi montada uma verdadeira estrutura militar, que impedia a passagem de moradores de um lado para o outro do muro. A construção do muro constituiu mais de 66km de grades metálicas, 302 torres de observação, 127 redes eletrificadas de metal e mais de 250 pistas de corrida para cães de guarda treinados. 

Muitos civis foram mortos tentando atravessar o Muro de Berlim, que era patrulhado pelo exercito da Alemanha Oriental, e cuja construção foi uma das atitudes humanas que merecem ser lembradas, para que nunca mais sejam tomadas.

Construção do Muro de Berlim 1961


Os primeiros planos de construção do muro de Berlim ficaram sob sigilo, chegando ao ponto de Walter Ulbritch declarar, poucas semanas antes da construção, que não havia a intenção de se levantar um muro em Berlim. 

Porém, os cidadãos do país já compreendiam que estava por vir alguma atitude drástica, pois Ulbritch já demonstrava, em diversas atitudes, sua intenção em dificultar cada vez mais a comunicação e o transporte entre as duas alemanhas. 

A situação foi se agravando até que, em uma conferência do Pacto de Varsóvia em 1961, Nikita Khrushchov, secretário-geral do Partido Comunista, conseguiu uma autorização para bloquear as fronteiras de Berlim Ocidental, interrompendo também todo o transporte público entre os dois lados ideológicos da capital. 

Então, na madrugada do dia 13 de agosto de 1961, as forças da Alemanha Oriental organizaram um bloqueio às conexões de trânsito e iniciaram a construção do Muro de Berlim, que rapidamente marcou uma divisão física e impossibilitou a passagem dos moradores da Alemanha Oriental para a Ocidental, e vice-e-versa. 

Muitas pessoas morreram durante os quase 30 que sucederam a construção do muro de Berlim, e até o outono de 2004 tiveram andamento processos judiciais a respeito do comportamento dos militares no muro, que atirava em todas as pessoas que tentavam cruzar a região.

O Muro de Berlim começou a ser derrubado no dia 9 de novembro de 1989, 28 anos após sua construção. O evento, que passou a ser conhecido como A Queda do Muro de Berlim, foi considerado um dos mais importantes marcos de nossa história. 

A construção do Muro de Berlim deve ser entendida, principalmente, como uma manifestação física do desentendimento ideológico entre líderes de países soberanos. 

Como é comum, o povo foi quem mais sofreu com o episódio da construção do Muro de Berlim, pois muitos ficaram privados de visitar seus familiares, ou até mesmo morreram tentando cruzar a estrutura montada por essa infeliz iniciativa separatista.
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários com ofensas não serão aceitos.