Riqueza Natural

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

BBB = Big Business Brasil




O ano começa e como todo começo de ano também começa o tão esperado Big Brother Brasil que com o passar dos anos já não é tão esperado assim. Momentos Flash trás pra você a lembrança do primeiro big brother, e junto dessa lembrança também trazemos uma série de ponderações a respeito. Primeiro vou explicar como surgiu o "Big Brother", O termo em inglês Big Brother surgiu devido à novela escrita por George Orwell, intitulada 1984. Big Brother (ou Grande Irmão como foi traduzido nas versões lusófonas do livro) é o líder que tudo vê da antiutópica Oceania, governante do mundo ocidental em um futuro fictício. Representado pela figura de um homem que provavelmente na trama não exista, vigia toda a população através das chamadas teletelas, governando de forma despótica e manipulando a forma de pensar dos habitantes.
O Big Brother orwelliano, na verdade, é o apresentador do programa. Ele é o único contato que os participantes tem com o mundo fora da casa. Além disso, como por exemplo na versão brasileira com Pedro Bial, o apresentador também assume a função de grande irmão ao instruir psicologicamente os participantes. É curioso notar que como em 1984, quando os participantes do Big Brother veem a éfige do apresentador na tela, esses o enaltecem da mesma forma que os habitantes da Oceania fazem com o Grande Irmão.
Claudio Silva, Filmmaker que participou na criação do Big Brother Holandês, em 1999, define o formato Big Brother atual como um comercial 24 horas interminável, onde os telespectadores votam por telefone, pela internet e via SMS para expelir os membros, escolhidos não pela atratividade e interatividade do show com o público mas pelo tédio de seus personagens. Viu bem pessoal? Essa parte do post acima tirei do wikipédia para acelerar o processo desse post, mas o que fica bem claro aqui é que esse programa já foi tirado e idealizado sob uma forma de poder manipuladora, controladora e estimuladora. Quem leu o livro de George Orwell sabe do que estou falando quem ainda não leu recomendo que leia, logo vou colocar um link pra quem quiser baixar esse  livro, é interessante notar que esse livro foi escrito em 1948 é isso mesmo 1948! Na verdade é um romance que se passa no "futuro" ou seja  em 1984 e conta sobre um regime totalitário que vigia a sociedade 24hrs por dia e reprime qualquer um que se opuser a ela. Nessa história fictícia o personagem principal tem a missão de difundir  a propaganda do regime e para isso também tem de falsificar documentos para que tudo que o governo fizesse parecesse correto e isso foi desiludindo o personagem o qual mais tarde se rebelou contra o sistema. O interessante também que no filme de mesmo nome ou seja 1984 foi feito bem antes da existência desse programa BBB mais a semelhança é incrível já que o programa foi baseado no livro, onde há telas de tv por todos os lados onde os senhores do regime poderiam observar qualquer um que fosse, e mais incrível ainda é que o livro escrito em 1948 mencionava essas telas por todos os lados com uma precisão incrível sobre o futuro que seria dominado pelas telas de tv e como o governo poderia controlar as pessoas. No filme e no livro os senhores do regime tinham o controle de tudo e podiam manipular e controlar as pessoas, é o líder que tudo vê governante do mundo ocidental e quem ia contra o sistema era imediatamente mandado para o paredão, só que ao contrário do paredão do programa onde o perdedor sai ileso nesse paredão eles saiam mortos. Muitos associam o livro e próprio Big Brother ( o programa ) ao sistema do olho que tudo vê ou iluminatis aí já fica a critério de cada um acreditar ou não.
Voltando para esfera do programa, sua audiência vem caindo ano a ano deixando a globo maluca com essa queda já que isso afeta diretamente sobre os anunciantes da emissora que não querem mais pagar o que a emissora vem pedindo. Por outro lado á denúncias de que esse programa é na verdade uma Grannnnnde farsaaaa! Isso mesmo grande farsa onde cada um que entra são escolhidos a dedo e onde cada um vai representar um personagem, cada pessoa daquela tem de decorar texto e interpretar e quem não consegue é repreendido imediatamente. Voltado pro lado comercial onde tudo tem de estar impecável até as torcidas dos participantes que vão pro paredão são torcidas arranjadas pela própria globo, por isso sempre as duas pessoas do paredão tem torcidas de mesmo tamanho pois tudo é programado pra ficar o mais bonito possível. Diante do fiasco de audiência do ano passado esse ano eles resolveram colocar participantes de outras edições para dar uma guinada na audiência, uma tentativa bacana até se não fosse por interesse comercial, pois aumentando a audiência e as baixarias também se aumenta os lucros da emissora.
E para provar que o programa é extremamente comercial veja o que saiu hoje no portal r7Boninho estava interessado em ter Diego Alemão na nova edição do Big Brother Brasil (Globo). Porém, de acordo com o colunista Leo Dias, do jornal O Dia, o rapaz teria pedido R$ 3 milhões para poder retornar ao reality show. O valor pedido pelo ex-BBB é exatamente o dobro do prêmio que vencedor desta edição receberá: R$ 1,5 milhão.
De acordo com a publicação, os confinados ganham cerca de R$ 600 por semana. Portanto, ficaria inviável pagar o valor exigido por Alemão. 
Minha Opinião: Fica cada vez mais claro que o povo está se informando e cansando de tanta baixaria na tv brasileira onde o que impera na verdade não agradar ou entreter o publico e sim atingir um objetivo comercial nem que para isso o povo seja enganado pois há quem ainda acredite que o programa é idôneo que  ganha quem conquista o publico que seus votos realmente tem valor, onde nada disso é verdade e que todos que entram ali já sabe quem vai ser o ganhador os "senhores do mundo" é quem escolhe.





←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários com ofensas não serão aceitos.